• Ttvv
Vermelhos

O Instituto Baía dos Vermelhos, instituição de produção e difusão cultural, é o mantenedor do Centro Cultural Baía dos Vermelhos, situado junto à Baía dos Vermelhos, em Ilhabela, Brasil.

Os espaços que integram o Centro Cultural são o Teatro de Vermelhos, o Anfiteatro da Floresta e a Residência Artística de Vermelhos, onde se realizam as atividades de criação, difusão e ampliação de oportunidades, no campo das manifestações artísticas e culturais.

Festival Vermelhos

Festival Vermelhos

O festival VERMELHOS 2017 - MÚSICA E ARTES CÊNICAS será realizado de 4 a 13 de agosto em Ilhabela, no Centro Cultural Baía dos Vermelhos.

Clique aqui e confira a programação completa.

Ingressos à venda no site ingressorapido.com.br a partir do dia 5 de junho.

facebook.png /Baiadosvermelhos

Leia mais...

Vermelhos por Antonio Meneses

Vermelhos por Antonio Meneses

 "Uma das descobertas mais emocionantes que aconteceram nos últimos anos foi em minha ida a Ilhabela para participar do Festival Vermelhos. Fiquei agradavelmente surpreso com o que encontrei: uma bela combinação da natureza tropical do local com a música. Agora que foi inaugurado o magnífico Teatro de Vermelhos, totalmente integrado à natureza local, as condições ficaram ainda melhores. Se há um local onde voltaria sempre para me apresentar, seguramente é a Ilhabela. Este é certamente um projeto a ser apoiado!!"
Antonio Meneses, violoncelista

Vermelhos por Nelson Freire

Vermelhos por Nelson Freire

"Tocar no Teatro de Vermelhos foi para mim uma experiência memorável. O lugar é lindo e sem dúvida trata-se de uma iniciativa digna dos maiores louvores. Ilhabela tem tudo para se igualar aos mais famosos festivais de piano do mundo!”
Nelson Freire, pianista

Vermelhos por André Mehmari

Vermelhos por André Mehmari

"Lembro com muito carinho dos momentos que vivi em Vermelhos. Sou um apaixonado por música e pela mata Atlântica. Fica fácil imaginar porque meus concertos naquele espaço foram tão especiais para mim. Tocar a música que amo em meio àquela exuberante mata, para uma plateia calorosa e acolhedora é mesmo um sonho, quase uma visão do paraíso na terra."
André Mehmari, compositor e multi-instrumentista